As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

CRONOLOGIA: Vazamentos e batalhas legais

Redação Internacional

19 de junho de 2012 | 22h49

O fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, pediu nesta terça-feira, 19, asilo político ao Equador para evitar ser extraditado da Grã-Bretanha para a Suécia, onde enfrenta acusações de crimes sexuais. O ministro das Relações Exteriores equatoriano, Ricardo Patiño, disse que Quito “está estudando o pedido”. Enquanto isso, Assange aguarda a decisão na Embaixada do Equador em Londres. Veja a seguir alguns destaques da cronologia do WikiLeaks e de Assange.

26 de julho de 2010 – Site divulga 92 mil registros militares confidenciais que comprovam crimes de guerra por parte de soldados dos EUA e Otan na luta contra o Taleban no Afeganistão

Agosto de 2010 – Entre o dia 14 e 17, em noites distintas, Assange mantém relações sexuais com duas suecas. No dia 20, a Justiça da Suécia emite mandado de prisão contra ele, acusado de estupro

23 de outubro de 2010 – Mais de 400 mil documentos secretos americanos sobre a guerra do Iraque mostram que morreram 15 mil civis a mais do que os EUA diziam

20 de novembro de 2010 – Interpol emite mandado internacional de prisão contra ele

28 de novembro de 2010 – Outros 250 mil documentos secretos revelam mais segredos da diplomacia dos EUA

Dezembro de 2010 – No dia 8, Assange se entrega à polícia em Londres. Ele é colocado em liberdade após pagar fiança, no dia 16, e fica em prisão domiciliar

14 de junho de 2012 – Advogados de Assange esgotam recursos legais e extradição para a Suécia passa a ser uma questão de tempo