As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Deputados brigam no Parlamento ucraniano

Redação Internacional

08 de abril de 2014 | 15h28

Uma sessão no Parlamento de Kiev terminou em briga entre deputados de extrema direita e comunistas nesta terça-feira, 8. O motivo foi a revolta de deputados nacionalistas com o líder do Partido Comunista da Ucrânia, Petro Symonenko.

Falando sobre a ação de manifestantes pró-Rússia em Donetsk, Symonenko afirmou que o ato de invadir prédios públicos havia sido utilizada pelos nacionalistas durante os protestos para depor o presidente Viktor Yanukovich.

“Vocês estão fazendo tudo para intimidar as pessoas. Vocês prendem, brigam com quem tem um ponto de vista diferente”, disse Symonenko, criticando a postura dos partidos de extrema-direita.

Assim que ele terminou de falar, deputados do partido nacionalista Svoboda o tiraram do palanque e uma briga começou. Após um pequeno recesso, a sessão, que discutia um projeto de lei para endurecer as penas aplicadas aos separatistas e em casos de crimes contra o Estado, foi retomada./ EFE e REUTERS

Assista ao vídeo:

Tudo o que sabemos sobre:

crise na UcrâniaDonetskKiev

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.