Disney se desculpa por tuíte ofensivo sobre bombardeio em Nagasaki
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Disney se desculpa por tuíte ofensivo sobre bombardeio em Nagasaki

Conta da empresa no microblog publicou mensagem no domingo parabenizando japoneses por 'um dia insignificante'

Redação Internacional

10 de agosto de 2015 | 13h23

TÓQUIO – O parque de diversões Walt Disney no Japão se desculpou nesta segunda-feira, 10, por uma mensagem publicada em sua conta no Twitter na qual desejava aos seguidores “parabéns por um dia insignificante”, em referência ao 70º aniversário do ataque americano com a bomba atômica sobre Nagasaki, no domingo.

Nesta segunda, a companhia ofereceu sua “sinceras desculpas por causar desconforto” e afirmou que vai gerenciar de forma mais cuidadosa sua conta no microblog.

Disney do Japão publicou tuíte ofensivo no domingo, data do 70º aniversário do bombardeiro em Nagasaki

Disney do Japão publicou tuíte ofensivo no 70º aniversário do bombardeiro em Nagasaki (Foto: Reprodução/jin115.com)

O tuíte tinha uma mensagem escrita em japonês que pode ser traduzida como “Parabéns por um dia insignificante” e era acompanhado por uma imagem do filme “Alice no país das maravilhas”, citando um trecho da canção “A very merry unbirthday to you!” (Um feliz desaniversário, na tradução do filme no Brasil).

A mensagem, que foi excluída pela empresa, foi recebida com ásperas críticas pelos usuários do Twitter. “Por que vocês estão oferecendo parabéns, Disney-san”, questionou um dos usuários. E esta não foi a primeira mensagem publicada pelo conta japonesa da Disney que causou a ira dos leitores no microblog.

No ano passado, no dia 15 de agosto, a empresa publicou uma imagem de Stitch, do desenho Lilo & Stitch, em uma praia segurando uma prancha de Surf e escreveu, em japonês: “Estão se divertindo nas férias de verão”. Na mesma data, em 1945 – menos de uma semana após os bombardeios de Hiroshima e Nagasaki -, o Japão se rendeu, encerrando a 2ª Guerra. / AP

Tudo o que sabemos sobre:

DisneyHiroshimaJapãoNagasaki