As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ditadura militar argentina classificou ‘subversivos’ em listas

Redação Internacional

07 de novembro de 2013 | 17h09

BUENOS AIRES – O Ministério da Defesa da Argentina divulgou nesta quinta-feira, 7, imagens das listas elaboradas durante a ditadura militar (1976-83) com o nome de pessoas consideradas “subversivas” pelo regime.

As listas têm nomes de artistas, intelectuais e jornalistas apontados como pessoas com “antecedentes ideológicos marxistas”. O ministério afirmou que as listas estavam registradas em três atas que integram 1.500 documentos encontrados há uma semana no sótão do Edifício Condor, sede da Força Aérea.

A ditadura confeccionou quatro categorias de listas classificadas de “F1” a “F4” de acordo com o grau de “perigo” que os intelectuais citados representavam para os militares.

Clique nas listas divulgadas e saiba os nomes colocados em cada uma:

Documento

Documento

Documento

Mais conteúdo sobre:

Argentinaditadura militar