As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ex-ditador Videla é internado na Argentina

Luiz Raatz

19 de outubro de 2010 | 18h00

O ex-ditador argentino Jorge Rafael Videla, de 85 anos, foi internado nesta quarta-feira, 19,  em um hospital militar em Cordoba.  De acordo com o médico do ex-general, ele sofre de problemas circulatórios e precisa de uma transfusão de plasma.

Com a internação, Videla faltou à uma audiência no processo no qual é acusado de crimes contra a humanidade.  Além dele, o general Luciano Benjamin Menéndez, ex-chefe do centro de extermínio de prisioneiros La Perla, de Córdoba,  que também está internado, não compareceu ao tribunal.

Videla foi condenado a prisão perpétua por um tribunal civil em 1985, mas o presidente Carlos Menem lhe concedeu um indulto nos anos 1990.  Seu julgamento foi reaberto com várias causas, entre elas o roubo de 500 filhos de dissidentes políticos durante a ditadura (1976-1983). (Clarín)

Tudo o que sabemos sobre:

ArgentinaJorge Videla

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.