Ex-premiê da Ucrânia é acusada de corrupção
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ex-premiê da Ucrânia é acusada de corrupção

Luiz Raatz

15 de dezembro de 2010 | 17h38

O Ministério Público da Ucrânia está investigando a ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko por mau uso do dinheiro público. A líder da oposição é acusada de desviar créditos de emissão de carbono vinculados ao protocolo de Kyoto para fundos de pensão.

Segundo Tymoshenko, que deixou o poder em março após perder o voto de confiança do Parlamento, as investigações têm motivação política. Ela está proibida de deixar a capital do país, Kiev.

Em comunicado divulgado no seu site, a ex-primeira ministra acusou o governo do presidente Viktor Yanukovich de persegui-la. “As autoridades continuam sistematicamente a aterrorizar a oposição sem nenhum respeito à lei ou a constituição”, escreveu.

Os créditos de emissão de carbono da Ucrânia totalizam 320 milhões de euros. Na terça-feira, o ex-ministro do Meio Ambiente de Tymohenko foi preso. (BBC)

Foto: Divulgação/Reuters

Tudo o que sabemos sobre:

Ucrânia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.