As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fêmea Jia Jia faz 37 anos e se torna a panda mais velha do mundo

Idade do animal equivale a 100 anos para um ser humano. Expectativa de idade para a espécie em cativeiro é 25 anos

Redação Internacional

28 de julho de 2015 | 15h14

PEQUIM – A panda fêmea Jia Jia, habitante de um parque de Hong Kong, fez aniversário nesta terça-feira, 28, e se tornou o animal mais velho de sua espécie em cativeiro. O animal completou 37 anos de idade, o equivalente a 100 anos para um ser humano.

O anúncio foi feito por Blythe Ryan Fitzwilliam, representante do livro Guinness World Records, em cerimônia realizada no Ocean Park de Hong Kong. Jia Jia foi presenteada com uma torta com o número 37.

“Sob os cuidados do Ocean Park durante os últimos 16 anos, posso anunciar que Jia Jia alcançou dois recordes Guinness“, afirmou o representante, de acordo com a imprensa local.

A panda nasceu na China continental e foi levada a Hong Kong em 1999. Segundo representantes do Ocean Park, ela tem sido medicada pois sofre de catarata e de pressão alta em razão da idade avançada.

“Estamos muito entusiasmados por ela estar bem, apesar de ser muito, muito velha”, declarou a diretora-executiva do zoológico Suzanne Gendron.

A expectativa de vida de um panda é de 18 a 20 anos em liberdade, e de aproximadamente 25 anos em cativeiro.

O recorde pertencia ao macho Du Du, que viveu 36 anos e 11 meses, passando a maior parte de sua vida em um zoológico de Wuhan, no centro da China. Ele morreu em 1999.

Tudo o que sabemos sobre:

animalnaturezapandarecorde