As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

FOTO DO DIA: Um “antes e depois” de Sarajevo (Bósnia), 1996 e hoje

Patrícia Ferreira

30 de maio de 2011 | 19h43

2011_05_30_fdd_staff_reuters_sarajevo2.jpg

Antes e depois. A montagem de fotos da Reuters mostra uma rua no distrito de Kovacici, na capital bósnia, Sarajevo, em duas épocas diferentes. No alto, um tanque sem uso aparece em meio a escombros e diante de um edifício em ruínas em fevereiro de 1996, um ano após o encerramento da guerra. Na outra foto, pedestres caminham pela mesma rua nesta segunda-feira, 30, quinze anos mais tarde.

Veja também:
lista
Saiba quais os processos que Ratko Mladic enfrenta
documentoPerfil: Mladic, o responsável pelo massacre de Srebrenica

A república da Bósnia-Hezergóvina foi palco do mais violento conflito de desagregação da federação iugoslava, entre 1992 e 1995. Os confrontos no país deixaram cerca de 200 mil mortos e deslocaram mais de 2,5 milhões de pessoas. A corte internacional de Haia indiciou Ratko Mladic por genocídio no cerco de 43 meses a Sarajevo e pelo massacre de 8 mil muçulmanos em Srebrenica na guerra da Bósnia, entre 1992 e 1995.

Nesta segunda-feira, o presidente sérvio Boris Tadic prometeu prender Goran Hadzic, o último fugitivo suspeito de cometer crimes na Guerra da Bósnia. A defesa de Mladic, preso na semana passada, recorreu da decisão de extraditá-lo para Haia, o que deve ocorrer dentro dos próximos dias.

Na sexta-feira, a chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Catherine Ashton, elogiou a Sérvia pela prisão, mas disse que o país “precisará fazer mais” para entrar no bloco. A detenção de Mladic e a cooperação plena com o Tribunal Penal Internacional eram consideradas importantes passos para a UE permitir o ingresso da Sérvia no bloco.

Seleção de imagens: Natália Russo, da editoria de Fotografia do Estadão.com.br. Conheça também o blog Olhar sobre o mundo e a página de fotos do portal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.