As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Garoto em Taiwan tropeça e faz buraco em tela de US$ 1,5 milhão; veja vídeo

Menino de 12 anos se desequilibrou e se apoiou na tela para não cair; quadro era do pintor italiano Paolo Porpora

Redação Internacional

25 de agosto de 2015 | 11h53

TAIPÉ – Uma obra de arte do século 17 avaliada em US$ 1,5 milhão foi danificada no domingo por um garoto de 12 anos em Taiwan, que tropeçou próximo ao quadro e, para não cair, se apoiou nele, causando um buraco na pintura.

“Foi um acidente incomum”, disse o curador David Sun. “O garoto estava ouvindo o guia da exposição, não olhou para onde ia, tropeçou e fez um buraco na tela.”

Veja o momento da queda:

Sun ainda disse que o garoto e a família dele pediram desculpas pelo ocorrido, e garantiu que não serão punidos. “Decidimos reparar a pintura imediatamente no local e ela já está de volta à mostra.”

A tela “Flores” é do pintor italiano Paolo Porpora e faz parte de uma exposição na cidade de Taipé que reúne trabalhos pintados ou influenciados por Leonardo da Vinci.

Nas imagens divulgadas pelos curadores da exposição, é possível ver o garoto tropeçando e, depois do acidente, olhando com uma expressão assustada para as pessoas ao redor.

Acidentes como esse já aconteceram em outras exposições. Em 2006 em Cambridge, um visitante britânico quebrou alguns vasos chineses de 300 anos ao tropeçar nos cordões dos próprios sapatos. No mesmo ano, nos EUA, o magnata Steve Wynn perfurou com seu cotovelo uma tela de Pablo Picasso no valor de US$ 139 milhões. /AFP e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:

acidenteobra de arteTaiwan