As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Grupo radical islâmico Boko Haram assume sequestro de meninas na Nigéria

Redação Internacional

05 de maio de 2014 | 21h21

O grupo radical islâmico Boko Haram assumiu na segunda-feira, 5, a autoria do sequestro de 276 alunas de uma escola no vilarejo de Cibok, na Nigéria, no dia 14.

O líder do grupo, Abubakar Shekau, disse que venderá as meninas para casamentos com líderes tribais no Chade e na República dos Camarões.

Veja abaixo o discurso do líder do Boko Haram:

Tudo o que sabemos sobre:

Abubakar ShekauBoko HaramNigéria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.