As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

GUSTAVO CHACRA: O metrô de Higienópolis e o perigo do antissemitismo

Redação Internacional

13 de maio de 2011 | 07h49

228243_10150187900818555_825598554_6774283_4800089_n.JPG

O antissemitismo é diferente da islamofobia, que é movida principalmente mais por um desconhecimento dos muçulmanos, alimentado em grande parte pela generalização de que os seguidores do islamismo seriam violentos como os membros da Al-Qaeda. Já o antissemitismo não é o medo por ignorância, como costuma ser com o islã. É o preconceito na sua mais pura forma. Odeiam judeus apenas por serem judeus.

Nesta semana, o antissemitismo apareceu na sua forma mais clara no episódio do metrô em Higienópolis, onde parcela da população é judaica. Algumas pessoas, como o comediante Danilo Gentili, do programa CQC, e outros internautas agrediram publicamente os judeus, associando a questão de Higienópolis, supostamente um bairro judaico, ao Holocausto.

Leia no blog de Gustavo Chacra, correspondente em Nova York

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.