As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Hackers desviaram milhões do Citibank

Robson Morelli

23 de dezembro de 2009 | 06h00

Reportagem de Gustavo Chacra, correspondente em NY

Dezenas de milhões de dólares teriam sido desviados do banco americano por meio de uma infiltração de hackers em uma falha do sistema de computador do Citibank. O FBI detectou o crime, de acordo com o jornal americano The Wall Street Journal, em meados deste ano, mas ainda não sabe dizer ao certo quando ocorreu.

Os investigadores passaram a suspeitar de que alguma coisa estivesse ocorrendo depois de verificarem um movimento grande de endereços utilizados no passado por um grupo criminoso da Rússia. Nenhum membro da organização foi preso ou identificado. O FBI estima que US$ 260 milhões são desviados anualmente por hackers do sistema financeiro dos EUA.

O Citibank buscou desmentir a reportagem. “Não ocorreram perdas de clientes ou do banco. Qualquer alegação de que o FBI esteja trabalhando em um caso no Citibank que envolva dezenas de milhões de dólares não é verdadeira”, disse Joe Petro, diretor-executivo de segurança do Citibank.

O Wall Street Journal, antecipando esta resposta, afirmou que bancos costumam não admitir falhas na sua segurança com medo de que sua reputação com os clientes seja afetada. Segundo Tom Kellerman, que já trabalhou na área de segurança tecnológica no Banco Mundial, bancos são constantemente alvos de organizações criminosas do Leste Europeu, Sudeste asiático e mesmo do Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:

EUAhackersinternet

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.