Israel e Irã, rivais também nos tabuleiros
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Israel e Irã, rivais também nos tabuleiros

Redação Internacional

22 de outubro de 2010 | 14h13

A rivalidade entre Israel e Irã não fica só na geopolítica do Oriente Médio. Está também nos tabuleiros de xadrez.

O recorde de maior número de partidas de xadrez jogadas simultaneamente por um enxadrista pertence agora a um israelense. Alik Gershon enfrentou 523 jogadores ao mesmo tempo na praça de Tel Aviv. Antes, a marca pertencia ao iraniano Morteza Mahjoob, com 500 jogos.

Gershon, porém, minimizou as tensões e ameaças entre os dois países e baseou seu discurso no espírito esportivo. “Espero que essa seja a única batalha que haverá com esse inimigo”, disse. Ele venceu 86% das partidas.

Os recordes, aliás, são um campo no qual Israel mantém disputas com países árabes e muçulmanos. Cozinheiros Estado judeu disputam com libaneses quem faz o maior prato de homus do mundo.

(Associated Press)

Tudo o que sabemos sobre:

IrãIsraelOriente Médioxadrez

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.