As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Israelenses pacifistas estendem as mãos para iranianos pelo Facebook

Redação Internacional

23 de março de 2012 | 08h30

Por Bruna Ribeiro, do estadão.com.br

A falta de comunicação entre os governos de Israel e do Irã interfere tão intensamente nas relações entre os povos que não é possível discar um número iraniano a partir de um telefone israelense, de acordo com a CNN. Simplesmente, segundo a rede de TV, a ligação não funcionaria. A divergência política acaba em discursos que carregam pesadas ameaças de guerra.

Uma campanha promovida por um casal israelense – e que foi destaque na CNN nesta terça-feira, 20 – tem chamado a atenção na internet e ganhado popularidade no Facebook. Ronny Edry, um designer israelense que mora em Tel Aviv, resolveu mandar sua mensagem para o povo iraniano.

“Minha ideia foi simples. Eu estava tentando alcançar o outro lado. Sempre há discussões sobre guerra e boatos de que o Irã irá nos bombardear e de que nós iremos bombardeá-los. Nós estamos sentados esperando que isso aconteça. Eu queria apenas dizer que essa guerra é uma loucura”, disse Edry ao canal americano.

Usando as habilidades de designer gráfico e com a ajuda de sua esposa (ela também designer), Edry criou cartazes com fotos de si mesmo, familiares, amigos e vizinhos e os publicou na página do Facebook da escola para iniciantes em design, Pushpin Mehina, com a mensagem “Iranianos, nós nunca vamos bombardear seu país. Nós (amamos) vocês.

Veja as fotos:

[galeria id=2442]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.