As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Joias de Brunei a Michelle lideram lista de presentes ao governo Obama

Redação Internacional

14 de novembro de 2014 | 08h00

Washington – Membros do governo Obama ganham milhares de dólares em presentes de líderes estrangeiros, mas a primeira-dama Michelle Obama parece ter recebido o presente mais caro do ano passado: uma joia com valor estimado em US$ 71.468 da rainha de Brunei.

As peças do conjunto – brincos em forma de flor, anel e colar em ouro branco – são cravejados de safiras amarelas e diamantes, segundo o relatório anual de presentes do Departamento de Estado.

Elas são quase sete vezes mais valiosas que o presente mais caro dado ao presidente Barack Obama, uma escultura em vidro de um falcão em um galho, estimado em US$ 10,4 mil. O agrado foi um presente do embaixador do Catar nos EUA.

Não que o presidente Obama tenha se saído mal. Ele também recebeu um grande tapete do Azerbaijão, com desenhos geométricos em vermelho, branco e azul, no valor de US$ 6.560. Obama também foi presenteado com uma bandeja de prata com o desenho das grandes cidades do mundo gravado, posicionando as coordenadas com a distância até o Catar, no valor de US$ 6,5 mil.

A lista inclui também uma pele de zebra, uma pintura e uma escultura da Tanzânia, de US$ 4 mil, e cadeiras da Cingapura.

Segundo as regras éticas na Casa Branca, os presentes são entregues para o armazenamento do governo ou para uso oficial, a menos que o destinatário opte por comprar os itens da administração, o que poucos optam por fazer. / AP