As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leia a íntegra do comunicado sobre queda do voo MH370

Redação Internacional

24 de março de 2014 | 11h34

Leia a íntegra do comunicado do primeiro-ministro malaio, Najib Razak, sobre a queda do boeing 777-200 da Malaysia Airlines. 

 

“Nesta noite, fui informado por representantes da Comissão de Investigação de Acidentes Aéreos da Grã-Bretanha (AAIB) de que a Inmarsat – a companhia britânica responsável pelos dados de satélite que indicaram os corredores possíveis de trajeto do avião- fizeram novos cálculos. Com base num tipo de análise inédito numa investigação desse tipo, eles foram capazes de determinar com maior certeza o percurso do voo MH370

Com essas novas análises, a Inmarsat e a AAIB concluíam que o MH370 voou ao longo do corredor sul e sua última posição era no Oceano Índico, a oeste de Perth.

É um local distante, longe de qualquer pista de pouso possível. Portanto, é com a maior tristeza que devo informá-los que, segundo essas informações, o voo MH 370 caiu no sul do Oceano Índico.

Faremos uma nova entrevista coletiva amanhã com novos detalhes, mas queríamos informá-los desse novo desenvolvimento o quanto antes. Fazemos isso com o compromisso de transparência e respeito pelas famílias das vítimas, dois dos princípios que têm guiado a investigação.

A Malaysia Airlines já falou com as famílias dos passageiros e tripulantes sobre esse novo desenvolvimento. Para eles, essas últimas semanas foram de cortar o coração. Sei que essa notícia deve ser ainda mais difícil. Peço à imprensa que respeite a privacidade e dêem-lhes espaço neste momento difícil.”

Tudo o que sabemos sobre:

Malaysia AirlinesVoo MH370

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: