As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maiores desastres aéreos dos últimos dez anos

Do MH17 derrubado por míssil na Ucrânia ao Air France que caiu no Atlântico, relembre alguns casos que marcaram a aviação internacional

Redação Internacional

18 Maio 2018 | 19h36

Nos últimos dez anos, a aviação internacional registrou uma série de desastres aéreos – como o MH17, da Malaysia Airlines, derrubado por um míssil enquanto sobrevoava a Ucrânia, em 2015, e o Air France que decolou do Rio de Janeiro com destino a Paris, no dia 1 de junho de 2009, e caiu no meio do Oceano Atlântico. Relembre alguns desses casos:

11 de abril de 2018
Argélia – 257 mortos

Um avião militar modelo Il-76 caiu no norte da Argélia logo após decolar da base aérea de Boufarik, a sudoeste da capital Argel. Todos os 247 passageiros – militares e familiares – e 10 tripulantes morreram.

 

 

24 de março de 2015
França – 150 mortos

Um Airbus A320 operado pela Germanwings, com 144 passageiros e 6 tripulantes a bordo, foi destruído após se chocar em área montanhosa do sul da França. Andreas Lubitz, o co-piloto, derrubou a aeronave deliberadamente. Não houve sobreviventes.

31 de outubro de 2015
Egito – 224 mortos

Atentado terrorista explodiu em pleno ar o Airbus A321, operado pela Metrojet, enquanto sobrevoava a região do Sinai, no Egito, com destino a São Petersburgo. As 224 pessoas a bordo morreram.

8 de março de 2014
Oceano Índico – 239 mortos

O voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu no Oceano Índico durante trajeto entre Kuala Lumpur, capital da Malásia, e Pequim, na China, com 227 passageiros e 12 tripulantes. As causas do desastre ainda são um mistério, mas acredita-se que o piloto tenha derrubado a aeronave deliberadamente.

17 de julho de 2014
Ucrânia – 298 mortos

O voo MH17 da Malaysia Airlines, que havia decolado de Amsterdã com destino a Kuala Lumpur, foi derrubado por um míssil enquanto sobrevoava a região leste da Ucrânia, matando todos os 283 passageiros e 15 tripulantes. É o desastre aéreo com o maior número de mortos desde 1996.

 

 

28 de dezembro de 2014
Indonésia – 162 mortos

Um Airbus A320 da Indonesia AirAsia com destino a Singapura foi destruído após cair no mar de Java, matando os 156 passageiros e 6 tripulantes a bordo.

03 de junho de 2012
Nigéria – 153 mortos (+ 6 na queda)

Um avião doméstico da companhia nigeriana Dana Air, saído da capital Abuja, caiu sobre área residencial de Lagos. Além dos 147 passageiros e 6 tripulantes, outras 6 pessoas morreram na queda.

22 de abril de 2010
Índia – 158 mortos; 8 sobreviventes

Um Boeing 737 da Air India Express vindo de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, saiu da pista ao pousar em Mangalore, sul do Índia, e pegou fogo, matando 158 pessoas – 8 foram resgatadas com vida dos destroços.

1 de junho de 2009
Oceano Atlântico – 228 mortos

Um Airbus A330 da Air France caiu no Oceano Atlântico durante trajeto entre o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e o  Charles De Gaulle, em Paris. Morreram todos os 216 passageiros e 12 tripulantes.

 

20 de agosto de 2008
Espanha – 154 mortos

O voo 5022 da Spainair caiu logo após decolar do aeroporto de Barajas, em Madri. Das 172 pessoas na aeronave, 154 morreram, incluindo os 6 tripulantes; 18 sobreviveram.