Malala anuncia que estudará na Universidade de Oxford
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Malala anuncia que estudará na Universidade de Oxford

Ganhadora do prêmio Nobel da Paz publicou uma mensagem em sua conta no Twitter comunicando a novidade, acompanhada de uma foto da mensagem da faculdade que confirma sua admissão em filosofia, política e economia

Redação Internacional

17 Agosto 2017 | 08h29

LONDRES – A jovem paquistanesa e ganhadora do prêmio Nobel da Paz Malala Yousafzai, que sobreviveu a um atentado por defender o direito das mulheres à educação em seu país, anunciou nesta quinta-feira, 17, que estudará na Universidade britânica de Oxford.

“Estou muito feliz de ir para Oxford”, tuitou a garota de 20 anos, junto com uma foto da mensagem da universidade, confirmando sua admissão em filosofia, política e economia.

Malala tinha 15 anos quando um taleban atirou em sua cabeça, dentro do ônibus que a levava para a escola no Vale de Swat, no Paquistão (Foto: AFP PHOTO / Jewel SAMAD)

Malala tinha 15 anos quando um taleban atirou em sua cabeça, dentro do ônibus que a levava para a escola no Vale de Swat, no Paquistão (Foto: AFP PHOTO / Jewel SAMAD)

O anúncio foi feito no dia em que os estudantes do Reino Unido, onde Malala encontrou refúgio após o atentado sofrido no Paquistão, receberam as notas do exame que acontece ao fim do ensino médio e determina para qual universidade cada um terá condições de ir.

Malala não revelou suas notas, mas parabenizou todos os que fizeram a prova, desejando-lhes “o melhor na vida”.

A paquistanesa tinha 15 anos quando um taleban atirou em sua cabeça, dentro do ônibus que a levava para a escola no Vale de Swat, no Paquistão. Ela foi levada para um hospital da cidade inglesa de Birmingham, onde passou a viver com sua família, seguindo com seus estudos e ativismo. / AFP

Reveja: Malala visita campo de refugiados no Quênia