Mudanças no mapa: 9 países que surgiram nos últimos 25 anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mudanças no mapa: 9 países que surgiram nos últimos 25 anos

Redação Internacional

01 Outubro 2017 | 05h00

Nos últimos 25 anos, 9 países surgiram no mapa do planeta. Neste domingo, 1.º, a Catalunha vota se quer se separar da Espanha e se tornar mais um Estado independente. Veja abaixo quais são esses novos países.

+ Gilles Lapouge: Rivalidade de longa data

Catalães decidirão se querem se separar da Espanha (Foto: EFE/Juan Carlos Cárdenas)

Catalães decidirão se querem se separar da Espanha (Foto: EFE/Juan Carlos Cárdenas)

Sudão do Sul

Declarou a independência do Sudão em 9 de julho de 2011, depois de um violento conflito com sudaneses muçulmanos. Em plebiscito, 99% dos eleitores optaram pela secessão. O país foi reconhecido pela comunidade internacional, com os EUA desempenhando um papel essencial no processo.

Kosovo

Declarou independência da Sérvia em 17 de fevereiro de 2008, nove anos após um conflito que devastou a região, ainda na esteira da desintegração da Iugoslávia. A região autônoma de etnia albanesa não tem o reconhecimento de aliados da Sérvia, como Rússia, e de países sob risco de fragmentação, como Espanha.

Montenegro

Última ex-república iugoslava unida à Sérvia depois da desintegração do país, em 1991, manteve-se sob comando de Belgrado mesmo depois das guerras da Bósnia e do Kosovo. Em 2006, no entanto, 55% da população montenegrina optou pela independência.

Timor Leste

Conquistou sua independência em maio de 2002, anos após um referendo decidir por sua separação da Indonésia. Por muito tempo, a ex-colônia portuguesa sofreu com o ataque de milícias contrárias a independência, o que forçou a intervenção de uma missão internacional de paz da ONU.

Palau

Pequeno país com apenas 21 mil habitantes separou-se da Federação dos Estados da Micronésia em 1994, alegando diferenças culturais e linguísticas.

Eritreia

Criada como uma entidade autônoma do Reino da Etiópia em 1952, a Eritreia foi anexada ao país em 1962, o que provocou uma guerra civil que durou 30 anos. Em 1991, o Exército de Libertação da Eritreia expulsou os militares do Exército da Etiópia. O país formalizou a independência em um referendo em 1993.

Eslováquia

No apagar das luzes da 1ª Guerra, em meio à fragmentação do Império Austro-Húngaro, foi unida à Boêmia e à Morávia para formar a Checoslováquia. Após o fim da União Soviética, o país foi dividido em dois – República Checa e Eslováquia – em uma votação no Parlamento. A tranquilidade da secessão foi chamada de “Revolução de Veludo”, tamanha a suavidade do processo.

Mais conteúdo sobre:

CatalunhaEspanhaindependência