As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Naufraga plano de traficante espanhol de introduzir ‘submarino’ na Europa

Luiz Moncau

18 de dezembro de 2009 | 10h08

 

A Justiça espanhola começou a julgar esta semana um traficante de drogas acusado de tentar introduzir na Europa os minissubmarinos inventados pelos carteis colombianos há uma década para transportar cocaína para os EUA. A diferença é que o módulo criado pele espanhol Manuel Clemente, conhecido como ‘Engenheiro’, foi um fiasco e acabou descoberto pela polícia da Galícia antes mesmo da primeira ‘missão’.

 Com nove metros de comprimento, o minissubmarino foi concebido para levar, além do carregamento de drogas, apenas o navegador.Para respirar debaixo d’água, o piloto teria de usar um tubo ligando a engenhoca à superfície. Clemente contratou um piloto e, no primeiro teste, deu tudo errado: um problema no motor fez a pequena embarcação navegar de forma errática. Desesperado, o piloto pulou na água  e o minissubmarino desgovernado acabou encalhado na praia.

Clemente havia recebido 100 mil euros de um cartel colombiano para construir seu submarino. A polícia, porém, já estava grampeando suas ligações telefônicas e seguindo-o antes do teste. Com o fiasco da viagem inaugural, Clemente foi preso, perdeu o cliente e agora pode pegar 13 anos de prisão. (The Guardian)

Tudo o que sabemos sobre:

EspanhaManuel ClementesubmarinoTráfico

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.