No Facebook, Yoko Ono diz que tragédia de Hiroshima nunca será esquecida
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No Facebook, Yoko Ono diz que tragédia de Hiroshima nunca será esquecida

Artista estava em Tóquio, em 1945, quando os EUA bombardearam Hiroshima - e, depois, Nagasaki - com o uso de bombas atômicas

Redação Internacional

06 de agosto de 2015 | 11h19

Neste quinta-feira, 6, nos 70 anos do bombardeio dos EUA em Hiroshima, no qual mais de 70 mil pessoas morreram instantaneamente, Yoko Ono utilizou sua conta no Facebook para publicar uma mensagem dizendo que esta “tragédia da maior magnitude” nunca será esquecida.

Yoko Ono visita memorial de Hiroshima, em 2011

Yoko Ono visita memorial de Hiroshima, em 2011 (Foto: Reprodução-imaginepeace.com)

Nascida em Tóquio em 1933, Yoko foi morar nos EUA com a família quando ainda era bebê. Nos anos 40, no entanto, ela voltou para o Japão e estava na capital japonesa, em 1945, quando os EUA bombardearam Hiroshima e, depois, Nagasaki.

Em 2011, ela visitou Hiroshima e surpreendeu-se com o que viu. “Hiroshima hoje é uma cidade bela e brilhante, com pessoas saudáveis e ótima comida”, escreveu a artista em sua conta na rede social.

Há 20 anos, no 50º aniversário do bombardeio, Yoko e o ex-Beatle Paul McCartney lançaram na TV japonesa a canção “Hiroshima Sky Is Always Blue” (ouça abaixo).

Tudo o que sabemos sobre:

2ª GuerraHiroshimaYoko Ono