O que sabemos sobre as vítimas dos atentados na Espanha
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que sabemos sobre as vítimas dos atentados na Espanha

Autoridades divulgaram nesta sexta-feira as primeiras informações sobre os mortos e feridos nos ataques em Barcelona e Cambrils, na Catalunha

Redação Internacional

18 Agosto 2017 | 12h12

Ao menos 14 pessoas morreram e 130 ficaram feridas, 17 delas em estado gravíssimo, em ataques terroristas nas cidades de Barcelona e Cambrils, na Catalunha.

Veja abaixo o que já sabemos sobre os afetados nos dois ataques.

– Atentado em Barcelona

Mortos:

– ITÁLIA: dois italianos morreram e três ficaram feridos, segundo o ministro italiano de Relações Exteriores.

Ao menos 13 pessoas morreram nas Ramblas de Barcelona atropeladas por uma van (EFE/David Armengou)

Ao menos 13 pessoas morreram nas Ramblas de Barcelona atropeladas por uma van (EFE/David Armengou)

A filial italiana da empresa de informática Tom’s Hardware anunciou em seu site a morte de um de seus funcionários, Bruno Gulotta, de 35 anos, atingido quando passeava com sua mulher e seus dois filhos pequenos nas Ramblas.

A outra vítima, Luca Russo, de 25 anos, morador de Dolomitas, estava de férias na cidade com sua noiva.

– BÉLGICA: Elke Vanbockrijck, de 44 anos, passava férias na cidade com o marido e os dois filhos.

– PORTUGAL: uma portuguesa está entre os mortos do ataque em Barcelona, informou o primeiro-ministro português, Antonio Costa. A mulher, de 74 anos, estava com sua neta de 20 anos.

EUA: Jared Tucker, de 42 anos, visitava Barcelona com a mulher, com quem estava casado havia um ano. Eles haviam economizado para realizar a sonhada viagem de lua de mel.

ESPANHA: Francisco López Rodríguez, de 57 anos, natural de Lanteira, região de Granada. A mulher dele ficou ferida e dois membros da família também estão entre os mortos.

ARGENTINA: Silvina Alejandra Pereyra, de 40 anos, vivia em Barcelona.

+ Acompanhe a cobertura ao vivo dos atentados na Espanha

Feridos:

– FRANÇA: 26 franceses ficaram feridos, 11 deles com gravidade, anunciou o ministro de Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian.

O ministro de Interior da França, Gérard Collomb, informou “cifras um pouco maiores sobre o número de feridos, algo como 17”.

– ALEMANHA/GRÉCIA: ao menos 13 cidadãos alemães ficaram feridos no ataque em Barcelona, “alguns com tanta gravidade que lutam por suas vidas”, declarou o porta-voz da chancelaria alemã, Martin Shäfer. “Não podemos confirmar nem excluir, por enquanto, a hipótese de termos alemães entre os mortos.”

Já o consulado grego em Barcelona anunciou que uma mãe de nacionalidade alemã foi hospitalizada em estado grave. Seus dois filhos, com dupla nacionalidade greco-alemã, ficaram levemente feridos, segundo a mesma fonte.

– BÉLGICA: dois belgas foram hospitalizados, um deles em estado crítico, informou o ministro belga de Relações Exteriores, Didier Reynders.

– REINO UNIDO: “alguns” britânicos ficaram feridos nos ataques, disse uma fonte do governo.

– IRLANDA: uma família de quatro pessoas ficou ferida no ataque. O pai e uma das crianças, de 5 anos, ainda estão em um hospital, disse o Ministério irlandês de Relações Exteriores.

– HOLANDA: três holandeses estão entre os feridos. “Foram atendido em um hospital e estão fora de perigo”, informou o ministro de Exteriores, Bert Koenders, em comunicado.

– RÚSSIA: uma mulher russa ficou “levemente ferida”, disse a agência russa para o turismo, Russiatourism. “Ela recebeu ajuda médica no local e não foi hospitalizada.”

– ROMÊNIA: dois homens, de 33 e 42 anos, estão entre os feridos, mas em condição estável. Outro homem de nacionalidade romena ficou levemente ferido e já recebeu alta do hospital.

– ÁUSTRIA: uma austríaca ficou “levemente ferida”.

– HUNGRIA: uma mulher ficou ferida levemente e já saiu do hospital.

– MACEDÔNIA: um macedônio foi hospitalizado com uma fratura na perna, segundo comunicado do ministro de Relações Exteriores em Skopje.

– TURQUIA: um empresário turco de 33 anos está hospitalizado em razão dos ferimentos em suas pernas. Ele não corre risco de morte.

– TAIWAN: dois taiwaneses foram hospitalizados “gravemente feridos”.

– Atentado em Cambrils

Pouco depois da meia-noite desta sexta-feira, um veículo avançou contra pedestres na orla de Cambrils, 120 km ao sul de Barcelona.

O veículo bateu em um carro da polícia catalã e, na sequência, seus ocupantes se envolveram em um tiroteio com as autoridades.

Ao todo, seis pessoas, incluindo um policial, ficaram feridos neste caso. Os cinco supostos terroristas foram mortos pela polícia na operação. / AFP

Mais conteúdo sobre:

EspanhaterrorismoBarcelona