As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Obama ameaça fazer tatuagem para desencorajar as filhas

Redação Internacional

24 de abril de 2013 | 16h43

obama_reuters.jpg

Se as filhas do presidente dos EUA, Barack Obama, estavam pensando em fazer tatuagens, podem querer reconsiderar. Durante entrevista gravada para o programa “Today”, da NBC, filmada antes do ataque em Boston, Obama revelou a estratégia que ele e a primeira-dama, Michelle Obama, têm usado para manter suas filhas longe de tatuagens.

“O que eu disse para as meninas é: ‘Se vocês alguma vez decidirem que vão fazer uma tatuagem, mamãe e eu teremos exatamente a mesma tatuagem, no mesmo lugar, vamos no YouTube e a mostraremos como uma tatuagem da família'”, disse Obama. “Nosso pensamento é que pode dissuadi-las de pensar que, de alguma forma, isso é uma boa maneira de se rebelar.”

O presidente também disse entender que sua esposa escorregou quando se chamou de “mãe solteira”, no início de abril, observando que eles ficaram muitas vezes separados por uma semana quando ele estava em campanha para o Senado e Presidência dos EUA.

“Mas não há dúvida de que houve momentos em que Michelle provavelmente se sentiu como uma mãe solteira … Ela definitivamente, eu acho, compreende os encargos que as mulheres, em particular, tendem a sentir se ambos são responsáveis pela criação dos filhos e também são responsáveis por trabalhar.” / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:

Barack Obama (EUA)EUAMichelle Obama

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.