As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Obama tem cartão de crédito recusado em Nova York

Presidente americano contou que Michelle precisou pagar a conta do jantar

Redação Internacional

17 de outubro de 2014 | 19h07

WASHINGTON – O presidente dos EUA, Barack Obama, passou por uma situação inusitada no mês passado em Nova York. Ele foi jantar em um restaurante e na hora de pagar a conta teve o cartão de crádito recusado.

“Fui em um restaurantem em Nova York quando estava na Assembleia-Geral (da ONU) e meu cartão de crédito foi rejeitado”, disse o presidente durante uma entrevista a repórteres nesta sexta-feira, 17.

“Acho que não uso muito (o cartão) e eles pensaram que era uma fraude”, acrescentou Obama, que chegou a pensar que tinha sido vítima de falsidade ideológica, em meio a risadas dos jornalistas.

A primeira-dama, Michelle Obama, estava com o presidente no restaurante e pagou a conta. “Claro que a Michelle tinha o (cartão) dela”, disse o presidente dando risada.

O crime de falsidade ideológica é um problema que cresce nos EUA e já vitimou cerca de 100 milhões de americanos no ano passado.

Nesta sexta, vídeos de emissoras americanas foram divulgados com o trecho da entrevista em que Obama conta o caso. / AP

Tudo o que sabemos sobre:

Barack Obama (EUA)Michelle ObamaNova York

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.