11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS: Uma nação ferida
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

11 DE SETEMBRO, DEZ ANOS: Uma nação ferida

João Coscelli

24 de agosto de 2011 | 05h02

A imagem é uma metáfora de como os americanos se sentiram nos dias seguintes àquele 11 de setembro – a bandeira dos Estados Unidos chamuscada junto do caminhão dos Bombeiros refletia os ferimentos de toda uma nação e a sensação de impotência diante de tão brutais ataques.

Ferimentos que ainda hoje não cicatrizaram e se manifestam, por exemplo, em declarações e comportamentos islamofóbicos – e infelizes – e na rigidez dos novos procedimentos de segurança aérea. Ferimentos que, uma década depois de abertos, ainda entristecem parentes e conhecidos das vítimas, trazem lembranças do horror aos sobreviventes. Ferimentos que deixarão para sempre uma cicatriz na história americana.

Veja também:
ESTADÃO ESPN: Ouça série especial sobre os ataques
PARTICIPE:
Onde você estava quando soube dos atentados?
GALERIA:
Outras imagens do Onze de Setembro de 2001

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.