As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os principais ataques a bombas nos Estados Unidos

Nos últimos dias, a polícia do Texas busca um suspeito de colocar quatro bombas em Austin, a capital do Estado, que mataram ao menos duas pessoas e feriram outras cinco

Redação Internacional

20 Março 2018 | 12h23

Nos últimos dias, a polícia do Texas busca um suspeito de colocar quatro bombas em Austin, a capital do Estado, que mataram ao menos duas pessoas e feriram outras cinco. Ataques do tipo são comuns nos Estados Unidos. Veja os mais conhecidos:

Unabomber
Ted Kaczynski, conhecido como o Unabomber, foi condenado à prisão perpétua em 1998 pela morte de três pessoas ao colocar bombas no correio entre 1978 e 1975. Ele atribuiu os crimes ao seu ódio pela tecnologia moderna e amor pela natureza

Eric Robert Rudolph
Foi preso depois de uma caçada de cinco anos e declarou-se culpado por explodir bombas que mataram duas pessoas e feriram centenas entre 1996 e 1998. Esteve por anos na lista de mais procurados do FBI e disse agiu por ser contra o aborto, os gays e o governo federal. Também cumpre prisão perpétua.

 Ahmad Khan Rahimi
Foi condenado à prisão perpétua no ano passado por plantar duas bombas no bairro de Chelsea, em Nova York, que feriram duas pessoas. Ele está sendo julgado separadamente por um segundo ataque, em New Jersey, cuja bomba não explodiu.

Forças Armadas de Libertação Nacional
Grupo separatista portorriquenho é responsável por mais de 100 bombas entre os anos 70 e 80. No ataque mais grave, em 1975, em Nova York, quatro pessoas morreram em um bar em Nova York. Ninguém foi acusado formalmente por esse ataque

Weather Underground
Surgido em 1968 a partir de um grupo estudantil de esquerda contrário à Guerra do Vietnã, começou uma campanha de violência que incluiu bombas colocadas no Pentágono, no Capitólio e em bancos. Em março de 1970, uma bomba do grupo matou três pessoas no bairro de Greenwich, em Nova York.

Mais conteúdo sobre:

TexasEstados Unidosataque a bombas