As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

OUÇA: Brasileiros relatam situação em países árabes

Patrícia Ferreira

17 de dezembro de 2011 | 20h49

Primavera Árabe

SÃO PAULO – Brasileiros moradores de alguns dos países do Oriente Médio e norte da África dizem que a situação por lá é bem menos tensa do que se percebe na imprensa internacional. É verdade que eles vivem em países afastados dos conflitos mais violentos, como Síria ou Líbia, e mesmo daqueles nos quais as manifestações foram mais intensas e duradouras, como Egito e Tunísia.

Veja também:
TV Estadão realiza debate; mande suas perguntas
MAPA: A revolta que abalou o Oriente Médio
OLHAR SOBRE O MUNDO: Imagens da revolução
ESPECIAL: Um ano de Primavera Árabe

Mesmo assim, as nações que eles adotaram – de forma temporária ou definitiva – também participaram, em alguma medida, da chamada Primavera Árabe. Ouça a seguir alguns dos depoimentos dos brasileiros ouvidos pelo estadão.com.br.

Arábia Saudita: poucos impactos no cotidiano
Brasileira assegura que revoltas em países vizinhos não chegaram ao país

Jordânia: exagero da imprensa
Poucas manifestações significativas ocorreram no país, apesar do alarde da imprensa

Líbano: cotidiano tranquilo
Brasileira afirma que situação na Síria não chegou ao cotidiano de Beirute

Marrocos: sociedade acompanha situação
Apesar da preocupação das pessoas, dia-a-dia segue igual

Reportagem: Christina Stephano de Queiroz

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.