As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para lembrar: Brasil já mediou conflito entre vizinhos

Ricardo Chapola

23 de julho de 2010 | 19h56

A recente crise entre Venezuela e Colômbia voltou a colocar em discussão a capacidade de a diplomacia brasileira mediar conflitos entre seus vizinhos.  A história do Itamaraty traz um exemplo de sucesso: a Declaração de Brasília, assinada há 12 anos, que acabou com a disputa entre Peru e Equador.

Em outubro de 1998, os presidentes do Equador, Jamil Mahuad, e do Peru, Alberto Fujimori, firmaram em Brasília um acordo de paz pondo fim à histórica tensão na fronteira entre os dois países. Em janeiro de 1995, 2 mil soldados equatorianos e 3 mil militares peruanos chegaram a se enfrentar, com apoio de aviões e navios de guerra, na cabeceira do Rio Cenepa. Em fevereiro do mesmo ano, Quito e Lima concordaram em cessar as hostilidades e assinaram em Brasília um primeiro entendimento, que desmilitarizava a região. O pacto abriu caminho para a chamada “Declaração de Brasília”, firmada três anos depois no Palácio do Itamaraty.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.