As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Passageiros de voo na Sibéria ‘empurram’ avião a – 44° C

Sistema de freios da aeronave havia congelado e o rebocador usado para transportá-la enguiçara

Redação Internacional

27 de novembro de 2014 | 09h30

A história tem todos os contornos de uma grande farsa, mas de acordo com a divisão de transportes da Procuradoria-geral da Rússia quase tudo é verdade.

Na Sibéria, região norte da Rússia, os 74 passageiros e sete tripulantes de um voo que os levaria de Igarka, localizado ao norte do Círculo Polar Ártico, até Krasnoiarsk, no sul, ajudaram a empurrar o avião Tupolev-134 até a pista de decolagem sob uma temperatura de – 44º C. O sistema de freios da aeronave havia congelado  e o rebocador usado para transportá-la enguiçara.

De acordo com comunicado da divisão de transportes da Sibéria Ocidental da Procuradoria-geral russa, “os passageiros saíram do avião e começaram a empurrá-lo para a área de taxiamento”. A nota emitida pela procuradoria também informa que as medidas cabíveis serão tomadas se for verificada violação das normas de segurança.

Oksana A. Gorbunova, porta-voz da Procuradoria-geral, disse à agência russa Tass que os passageiros eram na maioria funcionários de uma empresa de petróleo e que a ação de empurrar o avião foi uma reação bem humorada ao serem informados de que deveriam sair para que a aeronave pudesse ser movida.

Um dos passageiros registrou a ação em vídeo e as imagens se tornaram virais nas redes sociais e em sites noticiosos do mundo inteiro.

Tudo o que sabemos sobre:

AviãoRússiaVídeo

Tendências: