As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

População de Roma abandona a cidade com medo de terremoto ‘previsto’ para amanhã

Patrícia Ferreira

10 de maio de 2011 | 20h31

rome_reuters.JPG
O Coliseu, em Roma, durante um apagão em 2003: vítima do ‘terremoto’ de quarta-feira?

A população em Roma, na Itália, está com medo por conta de uma profecia. Trata-se de uma “previsão” de que um terremoto destruirá a cidade na quarta-feira, 11, amanhã. O medo é tão grande que, segundo agências de notícias, a cidade está se esvaziando às vésperas da “catástrofe”. Por isso, as autoridades italianas estão sendo obrigadas a tranquilizar à população – com a simples explicação de que terremotos não podem ser previstos.

Há meses corre pela internet uma “profecia” do astrônomo e sismólogo autodidata italiano Raffaele Bendandi (1893-1979), que afirma que um tremor de terra de “grande intensidade” atingirá Roma no dia 11 de maio de 2011. Na previsão de Bendandi (na foto abaixo), dois dos principais cartões-postais da cidade, o Coliseu e a Basílica de São Pedro, seriam destruídos durante o terremoto.

raffaele_bendandi.jpgNas últimas semanas, segundo a Efe, meios de comunicação divulgaram a profecia, assustando a maioria dos romanos, que decidiu abandonar a cidade nesta quarta-feira e passar o dia em fazendas dos arredores, em parques ao ar livre e a muitos quilômetros de distância. Segundo a organização de empresários agrícolas Coldiretti, citada pela imprensa local, as pousadas da província estão “cheias” graças às numerosas reservas feitas por famílias.

A maior parte das lojas administradas por chineses entre a praça Vittorio e ruas adjacentes anunciou o fechamento do comércio na quarta-feira, enquanto a imprensa local garantiu que pelo menos 15% dos funcionários públicos pediram dispensa. Perante a situação criada, a prefeitura de Roma pôs à disposição um posto telefônico para tranquilizar à população e oferecer todo tipo de informação.

‘Fraude’

Especialistas e sismólogos asseguraram que esses “prognósticos” são falsos. Paola Lagorio, presidente da Associação La Bendandiana, que guarda o legado de Bendandi, sentenciou que a história do terremoto “é uma fraude”. Em uma entrevista a um programa da televisão pública RAI, Paola disse: “É uma notícia totalmente inventada, obra de alguém que sabe que a única pessoa crível na Itália para uma previsão desse tipo é Bendandi”.

Segundo ela, as únicas previsões sísmicas que Bendandi fez são para 6 de abril de 2521, data na qual, segundo seus estudos, a situação planetária pode causar tremores de grande intensidade na Terra.

Perante o alarme criado, a associação de consumidores Codacons apresentou nesta terça-feira uma denúncia perante a promotoria de Roma por suposto “delito de abuso da credulidade popular” e pediu para investigarem “todos os que alimentaram e divulgaram a notícia do terremoto”. O presidente da Codacons, Carlo Rienzi assinalou que se trata de uma notícia “sem fundamento científico, que está criando alarme entre muitos romanos, contribuindo para medos totalmente injustificados”.

Efe

Tudo o que sabemos sobre:

EuropaprofeciaRomaterremoto

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.