As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Premiê da Malásia afirma que voo MH 370 caiu no Oceano Índico

Redação Internacional

24 de março de 2014 | 10h18

KUALA LAMPUR – O primeiro-ministro da Malásia afirmou nesta segunda-feira, 24, que o voo MH 370 da Malaysia Airlines caiu no Oceano Índico. Najib Razak disse que a aeronave caiu perto da Austrália.

A operação internacional de busca do avião, que desapareceu com 239 pessoas a bordo em 8 de março, havia avistado nesta segunda dois objetos no Oceano Índico que podiam ser destroços do boeing 777-200.

Acompanhe:

16h: Encerramos agora a cobertura ao vivo da queda do voo MH 370 da Malaysia Airlines. Continue acompanhando as notícias pelo site da Internacional Estadão, pela nossa página no Facebook e em nosso Twitter.

arte_aviao_malaio.jpg

15h55: NYT: A americana Sarah Bjac, namorada do passageiro do voo MH 370 Philip Wood, enviou um e-mail a jornalistas após o anúncio do premiê malaio. “Parece que a primeira fase de nossa missão terminou. Agora a família de Philip e eu precisamos de um tempo de privacidade, para nosso luto”.

Bjac anexou no e-mail uma mensagem de texto enviada pela Malaysia Airlines: “Lamentamos profundamente que temos de aceitar que o voo MH 370 se encerrou e que ninguém que estava a bordo sobreviveu. Como vocês vão ouvir na próxima hora do primeiro-ministro da Malásia, agora nós temos de aceitar que todas as evidências mostram que o avião caiu no sul do Oceano Índico.”

15h22: Segundo a companhia Malysia Airlines, as buscas pelos destroços do avião continuam. “Ainda buscamos respostas para as perguntas pendentes.”

15h20: Diversos parentes de passageiros do voo MH 370 passaram mal em um hotel de Pequim, onde assistiam ao pronunciamento do premiê malaio.

13h11: Assista, em inglês, ao pronunciamento feito pelo primeiro-ministro da Malásia sobre a queda do avião da Malaysia Airlines:

13h06: Segundo a rede CNN, os parentes dos passageiros do voo MH 370 serão levados para a Austrália assim que os destroços do avião forem encontrados.

12h35: Leia o comunicado da Malaysia Airlines.

12h30: A Malaysia Airlines, em comunicado enviado aos parentes dos passageiros do voo MH 370, lamentou a queda do avião e ofereceu condolências.

Leia aqui a íntegra do pronunciamento do primeiro-ministro malaio sobre a queda do voo MH 370

parente.jpg

11h15: A rede CNN também afirma que os parentes dos passageiros do voo MH 370 foram informados de que ninguém sobreviveu à queda do avião.

familia_2.jpg
Foto: Parentes de passageiros do voo MH 370 rezam em hotel em Pequim

11h05: A companhia Malaysia Airlines fará um pronunciamento ainda hoje sobre o voo MH 370

11h01: Malásia diz que avião caiu no Oceano Índico. “Peço que a mídia respeite os parentes nesse momento difícil”:

 

11h:

 

10h57: Começa a entrevista do premiê da Malásia

10h54: Segundo a BBC, a Malaysia Airlines enviou um SMS para os parentes das vítimas dizendo que ‘sem a menor sombra de dúvida’ o avião se perdeu no sul do Oceano Índico e não há sobreviventes.

10h50: Um voo da Malaysia Airlines de Kuala Lumpur para Seul fez um pouso de emergência em Hong Kong após um gerador falhar. O Airbus A330-300 pousou sem nenhum incidente nesta segunda-feira após a aterrissagem ser acompanhada por bombeiros enviados pelo aeroporto de Hong Kong. Leia mais aqui.

10h49: a entrevista do premiê malaio sobre o voo MH370 deve começar em dez minutos

10h47: A CNN fez um vídeo com um perfil das pessoas que estavam a bordo do voo MH370. Assista (em inglês)

10h41: A Malaysia Airlines revelou hoje, segundo a agência France Presse, que o copiloto do voo MH370, estreante na condução de boeings 777-200 não passou por um procedimento padrão pelo qual teria de fazer seus primeiros cinco voos com um copiloto adicional. “Não vimos nenhum problema com ele”, disse a empresa, por meio de nota.

10h39: “Todo mundo está bastante animado”, disse o tenente australiano Josh Willians, que encontrou os destroços que podem ser do voo MH 370, segundo a Reuters

10h33:  Esse mapa interativo também mostra as áreas de busca do voo MH 370

10h28: esse mapa feito pelo governo da Austrália mostra as áreas de buscas pelo voo MH370. Foto: Efe/Divulgação

aviao_malasia_efe.jpg

10h24: Um encontro com familiares das vítimas foi convocado hoje em Pequim. Segundo a rede de TV Sky News, elas seriam levadas em voos fretados para a Austrália, país que concentra as buscas pelo voo MH370

[galeria id=9881]

Tudo o que sabemos sobre:

MalásiaMalaysia Airlinesvoo MH 370

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: