As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Protesto de estudantes no Chile termina em confronto com a polícia

Redação Internacional

05 Setembro 2013 | 19h15

SANTIAGO DO CHILE – Perto de completar 40 anos do golpe militar no Chile, que depôs o presidente Salvador Allende, diversas cidades foram tomadas nesta quinta-feira, 5, por protestos exigindo uma educação pública e de qualidade no país. Cerca de 80 mil estudantes, segundo a polícia, participaram da Marcha Nacional pela Educação em Santiago do Chile pedindo o fim do sistema de educação neoliberal do ditador Augusto Pinochet.

Gritando “Vai cair a educação de Pinochet” e segurando cartazes com frases como “nos 40 anos do golpe, o golpe quem dá somos nós”, os manifestantes saíram da Praça Itália e caminharam pelas ruas da cidade. Perto da estação Mapocho ocorreram confrontos com a polícia.

Durante os confrontos, alguns estudantes seguravam livros de Allende e os exibiam para os policiais. Outras cidades do Chile, como Valparaíso e Concepción, também tiveram manifestações./ EFE

Veja imagens dos protestos:

[galeria id=7555]