As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

VÍDEO: O protesto que deu início ao processo contra as integrantes da banda Pussy Riot

Redação Internacional

17 de agosto de 2012 | 17h28

MOSCOU – Três integrantes da banda punk rock russa Pussy Riot foram condenadas nesta sexta-feira, 17, a dois anos de prisão. A sentença lida no tribunal em Moscou descreveu a perfomance do grupo no altar da Catedral do Cristo Salvador, a mais importante da capital russa, como “vandalismo e distúrbio da ordem pública”. Na ocasião, em fevereiro, elas entoaram uma “oração punk” que protestava contra o presidente Vladimir Putin.

Veja também:
RADAR ECONÔMICO: ‘WSJ’: Caso diz muito a investidores
GALERIA: Atos pelo mundo em apoio às roqueiras
Artistas se unem por roqueiras que criticaram Putin

Durante a leitura do veredicto pela juíza, em um discurso que falou em respeito, religiosidade e manifestações, Algemadas, Nadezhda Tolokonnikova, de 22 anos, Yekaterina Samutsevich, de 29, e Maria Alekhina, de 24,  expressavam tranquilidade, esboçando sorrisos de ironia. Assista abaixo ao vídeo do protesto que deu início ao processo contra elas.

Tudo o que sabemos sobre:

MoscouPussy RiotRússiaVladimir Putin

Tendências: