As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Resolução da ONU contra o Irã menciona esforços do Brasil

Redação Internacional

08 de junho de 2010 | 19h20

O texto da resolução do Conselho de Segurança da ONU para a quarta rodada de sanções contra o Irã, ao qual o correspondente do Estado, Gustavo Chacra, teve acesso,  enfatiza a importância “dos esforços do Brasil e da Turquia” para chegar a um acordo com o Irã.

De acordo com a resolução, devem haver mais restrições às atividades militares, financeiras e mesmo de livre trânsito para autoridades iranianas do que nas três anteriores.  Um dos anexos lista 40 entidades com os bens congelados. Entre elas, estão 15 controladas ou ligadas à Guarda Revolucionária que, segundo alguns analistas, está no comando do atual governo iraniano, em uma aliança com o presidente Mahmoud Ahmadinejad. Javad Rahiqi, o chefe da central nuclear de Isfahan, um dos lugares onde há enriquecimento de urânio, é única pessoa física presente no anexo.

Tudo o que sabemos sobre:

BrasilIrãONUPrograma nuclear

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: