As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rússia Unida sugere sexo em cabine de votação

Robson Morelli

26 de novembro de 2011 | 18h00

Por Talita Eredia

O Rússia Unida, partido do primeiro-ministro Vladimir Putin, foi criticado por uma propaganda eleitoral bem ousada. A publicidade mostra um casal jovem flertando enquanto se prepara para votar, até que a moça puxa o rapaz para dentro da cabine de votação. O casal deixa o local se recompondo e deposita as cédulas nas urnas. Em seguida, aparece a mensagem do Rússia Unida “Vamos fazer isso juntos”.

Deputados não criticaram o anúncio pelo seu conteúdo sexual, mas porque o voto no país é secreto e o eleitor precisa entrar na cabine de votação sozinho. A população vai às urnas no próximo domingo, 4 de dezembro, para eles os novos 450 representantes da Duma – a Câmara Baixa do Parlamento, responsável pela aprovação do primeiro-ministro do país. O organismo será o responsável por efetivar a troca de cargos entre o primeiro-ministro Vladimir Putin e o presidente Dmitri Medvedev após a eleição presidencial de março. Putin, provável futuro presidente, já afirmou que indicará Medvedev como seu premiê.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.