As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Saída de Reino Unido da União Europeia pode causar fim de Game of Thrones

Seriado da HBO conta com ajuda de fundos da União Europeia na produção. Com Brexit, série pode perder financiamento

Redação Internacional

24 Junho 2016 | 13h34

A decisão dos britânicos de sair da União Europeia (UE), concretizada no referendo histórico realizado na quinta-feira, preocupa o universo cinematográfico europeu e, mais ainda, os fãs do seriado Game of Thrones.

Segundo a revista americana Foreign Policy, com a saída do bloco europeu, produção da famosa série da HBO pode ficar mais difícil e mais cara de ser produzida, abrindo possibilidade para que o programa chegue ao fim.

Game of Thrones conta com a ajuda financeira do Fundo de Desenvolvimento Regional Europeu da UE para ser produzido. O Brexit pode fazer com que a emissora tenha que procurar parceiros para ajudar a custear a produção, pois os produtores não poderiam mais fazer uso desses fundos.

Até o momento, a HBO não quis comentar uma possível consequência do Brexit em um de seus maiores sucessos, que tem locações na Espanha, Croácia, Malta e Irlanda do Norte.

A Northern Ireland Screen, agência cinematográfica nacional da Irlanda do Norte, também não quis se pronunciar sobre o assunto.

A publicação ainda destaca que Game of Thrones não seria a única produção ameaçada. Projetos britânicos para televisão e cinema receberam cerca de US$ 32 milhões nos últimos sete anos de organizações como Creative Europe, que concede dinheiro para projetos culturais, como os premiados Carol, Brooklyn e Amy, documentário sobre a vida da cantora Amy Winehouse.

Mais conteúdo sobre:

BrexitGame of ThronesUnião Europeia