SeaWorld substituirá show da baleia orca ‘Shamu’ em San Diego
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

SeaWorld substituirá show da baleia orca ‘Shamu’ em San Diego

Após enfrentar anos de queda na audiência e críticas ao tratamento dado aos mamíferos marinhos em cativeiro parque fará apresentações focadas na 'conservação'

Redação Internacional

10 de novembro de 2015 | 11h25

SAN DIEGO, EUA – O SeaWorld afirmou na segunda-feira, 9, que planeja substituir o show da baleia orca “Shamu” em San Diego por apresentações focadas na “conservação”, após enfrentar anos de queda na audiência e críticas ao tratamento dado aos mamíferos marinhos em cativeiro.

Ativistas pró-direitos dos animais, que pressionam pelo fim da exibição pública de baleias orca, qualificaram o anúncio do SeaWorld como pouco mais que uma propaganda para tornar a exibição contínua dos animais mais palatável ao público.

Baleias orcas se apresentam no SeaWorld em San Diego, na Califórnia

Baleias orcas se apresentam no SeaWorld em San Diego, na Califórnia (Foto: Mike Blake/REUTERS)

A decisão, revelada em uma apresentação da empresa a investidores, foi tomada depois de uma votação de órgãos reguladores da Califórnia no mês passado proibindo o SeaWorld de San Diego de continuar a procriar baleias orcas se prosseguisse com uma planejada expansão de seu habitat artificial.

O presidente da SeaWorld Parks & Entertainment, Joel Manby, disse que 2016 seria o último ano da “atual experiência com a orca” do parque, que apresenta os predadores marinhos preto-e-branco realizando vários truques sob o comando de treinadores.

Em agosto, o prefeito de Miami Beach, Philip Levine, outros líderes políticos do sul da Flórida e ativistas se juntaram em uma campanha para libertar as baleias orcas do Miami Seaquarium/ REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:

EUAorcaSeaWorld