Somália, Coreia do Norte e Afeganistão são os países menos transparentes do mundo, diz ONG
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Somália, Coreia do Norte e Afeganistão são os países menos transparentes do mundo, diz ONG

Redação Internacional

03 de dezembro de 2013 | 17h36

Ranking dos países americanos na edição 2013 do índice. 

A ONG Transparency International divulgou nesta terça-feira, 3, a edição 2013 do seu Índice de Percepção de Corrupção. Em uma escala de 0 a 100, sendo 0 uma percepção de muita corrupção e 100 a percepção de muita transparência, Somália, Coreia do Norte e Afeganistão obtiveram nota 8 e ocupam as últimas posições entre os 177 países do ranking.

Com nota 91, Dinamarca e Nova Zelândia dividem a liderança da pesquisa feita pela ONG, seguidos de perto por Finlândia e Suécia, ambos com 89 pontos.

O Brasil, com 42 pontos, ficou na 72.ª posição, empatado com São Tomé e Príncipe, Sérvia e Africa do Sul e atrás de países como Itália, Kuwait e Romênia (todos com 43 pontos).

Na América Latina, o país melhor avaliado foi o Uruguai, na 19.ª posição com 73 pontos. O Chile, recebeu 71 pontos e a 22.ª posição no índice. Do outro lado da Tabela, o Haiti, com 19 pontos e na 163.ª posição é o pior colocado da região. A Venezuela, com 20 pontos, ocupa a 160ª posição.

Veja no mapa abaixo a nota de cada um dos países no índice da Transparency International:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.