As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Troca de farpas: Israel responde a tuíte de aiatolá iraniano com gif de adolescente ciumenta

Redação Internacional

04 Junho 2018 | 18h35

Uma troca de tuítes entre Israel e Irã chamou a atenção dos internautas nesta segunda-feira, 4. Tudo começou quando o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, publicou uma postagem dizendo que a posição de seu país sobre Israel é a mesma. “Israel é um tumor cancerígeno maligno na região da Ásia Ocidental que precisa ser removido e erradicado: é possível e acontecerá.” Ao final da postagem estava a data em que a declaração teria sido feita: dia 31 de julho de 1991.

A resposta dada pela embaixada de Israel nos Estados Unidos por meio do perfil na rede social surpreendeu. A conta utilizou um gif para se manifestar, mas não qualquer um. O perfil da embaixada escolheu uma imagem da personagem Regina George, interpretada por Rachel McAdams, do filme “Meninas Malvadas”. Na cena, Regina fala com Cady Heron, personagem interpretada por Lindsay Lohan, sobre Janis Ian, interpretada por Lizzy Caplan.

+ Protagonista de ‘Fauda’ se inspira na própria experiência de ex-agente infiltrado

Regina diz que Janis é obcecada por ela. “Ela é tão patética. Deixa eu te contar uma coisa sobre Janis Ian. Nós éramos melhores amigas no ensino fundamental. Eu sei, tá? É muito vergonhoso. Eu nem… ah, deixa pra lá. Então, na oitava série, eu comecei a sair com o meu primeiro namorado, Kyle, que era totalmente lindo. Mas aí ele se mudou pra Indiana, e Janis era, tipo, estranhamente ciumenta. Se eu desse um bolo nela pra sair com o Kyle, ela ficaria tipo ‘Por que você não me ligou?’. E eu responderia ‘Por que você é tão obcecada comigo?'”

Essa última frase é a que aparece no gif  utilizado na conta da embaixada de Israel para responder o aiatolá iraniano. A reação causou uma discussão entre os usuários da rede social. Enquanto alguns elogiaram a estratégia utilizada pela embaixada israelense, outros criticaram.

+ EUA ameaçam aplicar sanções ‘sem precedentes’ contra o Irã

Mais conteúdo sobre:

IsraelIrã