As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Trump expulsa jornalista de coletiva; veja vídeo

Redação Internacional

25 de agosto de 2015 | 20h36

O polêmico pré-candidato republicano à Casa Branca Donald Trump expulsou, nesta terça-feira, 25, um repórter da Univision de uma entrevista coletiva. O magnata do ramo imobiliário respondia a perguntas de jornalistas e se recusou a atender ao pedido de Jorge Ramos, da Univision, durante a conferência, em Iowa.

A rede hispânica de televisão rompeu relações com o império de mídia de Trump após seus comentários sobre imigrantes mexicanos, qualificando-os de “bandidos” e “estupradores” durante o discurso que anunciou sua pré-candidatura. Trump é um dos 17 nomes que disputam a indicação do Partido Republicano para concorrer à Casa Branca. Ele lidera as pesquisas de intenção de voto com distância do segundo colocado, Jeb Bush.

Em um vídeo divulgado pela Fox News, Ramos argumenta que tem o direito de fazer a pergunta e Trump diz que não e manda que ele se sente. Em seguida, Trump olha para um de seus seguranças que vai até o jornalista e o retira da sala.  Veja o vídeo:

Em sua conta no Twitter, a jornalista da NBC News Katy Tur narrou que Ramos retornou à entrevista coletiva e questionou Trump sobre sua política de imigração. O magnata tem afirmado que, se for eleito, deportará todos os 11 milhões de imigrantes que vivem ilegalmente nos EUA.

“Como você vai deportá-los?”, pergunta Ramos a Trump, como narrou Katy. “Vai ser humano”, responde Trump. “Nenhum humano é ‘ilegal'”, insiste Ramos. “Se você cruzar a fronteira, você é ilegal”, continua Trump, que pergunta ao jornalista se ele sabe em quanto está processando a Univision, no qual pede US$ 500 milhões de indenização por rompimento de contrato.