Tuíte de Obama sobre violência em Charlottesville é o mais curtido da história
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tuíte de Obama sobre violência em Charlottesville é o mais curtido da história

Mensagem do ex-presidente americano, que cita uma entrevista de Nelson Mandela, alcançou a marca de 2,17 milhões de ‘likes’

Redação Internacional

16 Agosto 2017 | 08h23

WASHINGTON – Um tuíte do ex-presidente dos EUA Barack Obama sobre os confrontos violentos registrados no sábado 12 em Charlottesville, Virgínia, se transformou na noite de terça-feira na mensagem com mais curtidas da história do Twitter.

A mensagem de Obama, que utilizou trechos de uma entrevista de Nelson Mandela acompanhada de uma foto do ex-presidente americano com um grupo de crianças de várias etnias, alcançou a marca de 2,71 milhões de curtidas. A publicação superou a mensagem que a cantora Ariana Grande publicou após o atentado durante sua apresentação em Manchester, no Reino Unido, em maio, que teve 2,7 milhões de curtidas.

O tuíte de Barack Obama também é um dos mais populares da história da rede social quanto ao número de compartilhamentos (Foto: AP Photo/Dita Alangkara)

O tuíte de Barack Obama também é um dos mais populares da história da rede social quanto ao número de compartilhamentos (Foto: AP Photo/Dita Alangkara)

Os trechos da entrevista de Mandela, divididos em três tuítes, dizem: “Ninguém nasce odiando outra pessoa em razão da cor da sua pele, cultura ou religião. As pessoas precisam aprender a odiar, e se elas podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar”.

O tuíte de Obama também é um dos mais populares da história quanto aos compartilhamentos, mas, neste quesito, ainda está na quinta posição com 1,12 milhões. Em primeiro lugar, com 3,65 milhões, está a mensagem de um adolescente que pedia nuggets de frango de graça, seguido de uma selfie da apresentadora e comediante Ellen DeGeneres durante a premiação do Oscar em 2014, com 3,44 milhões de compartilhamentos. / EFE