As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ucrânia divulga conversas de rebeldes sobre queda de avião

Kiev afirma que diálogos provam que o voo MH17 foi derrubado pelos separatistas pró-Rússia

Redação Internacional

18 de julho de 2014 | 15h15

As autoridades ucranianas divulgaram partes de conversas entre separatistas pró-Rússia, que, segundo Kiev, comprovam a responsabilidade dos rebeldes na queda do voo MH17.

Assista ao vídeo e leia abaixo a transcrição das conversas em português:

Leia a transcrição dos diálogos:

Na primeira parte é possível ouvir os separatistas discutindo as circunstâncias do acidente. Na chamada, um rebelde identificado como Igor Bezler, fala com um oficial de inteligência russo chamado Vasili Geranin:

Bezler: Nós acabamos de derrubar um avião.
Geranin: Os pilotos, onde estão os pilotos?
Bezler: Ele caiu perto de Yenakievo. Eles estão indo procurar e fotografar o avião. Tem muita fumaça
Geranin: Há quantos minutos foi isso?
Bezler: Meia hora atrás.

Num segundo telefonema, milicianos dizem que rebeldes cossacos da vila de Chernukino derrubaram o avião. Um é identificado como Grego e o outro como Major:

Grego: Oi major
Major: O pessoal de Chernukino derrubou o avião.
Grego: Quem?
Major: Sabe, o pessoal do checkpoint de Chernukino, os cossacos com base lá?
Grego: Sim.
Major: O avião se desmanchou no ar, na área da mina de Petropavlovskaya. Achamos os primeiros 200 (código para mortos).
Grego: Tinha 200?
Major: Sim, civis.
Grego: O que você tem aí?
Major: Em resumo, um avião civil.
Grego: Entendi, tinha muita gente?
Major: Meu deus… os destroços estão espalhados.
Grego: Que tipo de avião é?
Major: Não sei, não há muitos destroços no local. Encontrei apenas os primeiros corpos. Há restos de corpos e cadeiras.
Grego: Entendi… Algum tipo de armas?
Major: Nada, apenas material civil, toalhas, remédios, papel higiênico.
Grego: Documentos?
Major: sim, de um estudante indonésio…de uma universidade em Thompson.

No terceiro telefonema, os rebeldes começam a conversar sobre o erro ao derrubar o avião:

Militante não identificado: A respeito do avião que caiu perto de Gabrovo, é um avião civil. Há muitos corpos de mulheres e crianças. Os cossacos estão lá examinando. Estão dizendo na TV que é um avião ucraniano, mas parece que tem um logo da Malaysia Airlines.
Nikolai Kositsin: O que fazia sobre território ucraniano?
Militante: Carregava espiões, não é isso?
Nikolai Jositsin: Sim.
Militante: Não deveria estar voando. Há uma guerra aqui.

Tudo o que sabemos sobre:

Malaysia AirlinesRússiaUcrâniavoo MH17

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: