As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Velejadora de 14 anos briga com Justiça da Holanda para dar a volta ao mundo

Cristiano Dias

22 de julho de 2010 | 08h51

Depois da derrota para a Espanha, na final da Copa do Mundo, o grande assunto na Holanda passou a ser o destino da adolescente Laura Dekker, de 14 anos. Ela a velejadora mais jovem a dar a volta ao mundo sozinha — uma história muito parecida com a da garota americana Abby Sunderland, de 16 anos, que velejava sozinha e desapareceu em junho, durante percurso entre Cidade do Cabo, na África do Sul, e Leeuwin, na Austrália.

Laura planejava começar a aventura ao redor do mundo em setembro de 2009, com o consentimento dos pais, mas a Justiça holandesa alegou que as preocupações com sua segurança eram sérias demais. A garota foi colocada sob os cuidados do Estado até julho deste ano, mas permitiu que ela continuasse vivendo na cidade de Utrecht, com o pai. Em dezembro, ela pegou seu barquinho e fugiu para o Caribe.

Esta semana, a Justiça holandesa decidiu prorrogar o tempo de supervisão da garota, argumentando que o lugar dela é na escola. A decisão pode frustrar os planos de Laura — em 2009, a britânica Mike Perham, de 17 anos, tornou-se a mais jovem velejadora a dar uma volta na Terra em uma viagem de nove meses.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.