Venezuela cria dia de ‘lealdade e amor a Hugo Chávez’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Venezuela cria dia de ‘lealdade e amor a Hugo Chávez’

Redação Internacional

05 de novembro de 2013 | 18h19

No dia 8 de dezembro de 2012, Chavéz anunciou o retorno do seu câncer e transferiu poderes para Maduro

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira, 5, a criação do “Dia de lealdade e do amor ao Comandante Supremo Hugo Chávez”, que será celebrado anualmente em 8 de dezembro.

De acordo com o decreto no Diário Oficial venezuelano, devem ser realizados “atos e eventos comemorativos em todo o território nacional que exaltem o pensamento bolivariano e o amor inifito de Chávez pelo povo e defendam permanentemente seu legado e seu exemplo infinito”.

Em 8 de dezembro de 2012, Hugo Chávez fez uma viagem relâmpago para Caracas e anunciou que havia sido diagnosticado novamente com câncer, apesar dos tratamentos aos quais fora submetido. Na ocasião, o ex-líder bolivariano delegou poderes políticos para seu vice e disse que Maduro deveria ser o candidato oficial caso não pudesse retornar ao poder.

No domingo, Maduro anunciou o adiantamento do Natal em nome da “suprema felicidade social da população”. A medida seria uma “a melhor vacina para os que querem inventar tumulto e violência”, segundo o presidente venezuelano. “Aqueles que andam amargurados por aí terão uma canção natalina.”

Tendências: