As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vídeo: irmã de refém britânico pede que EI retome contato para negociação

Jornalista é mantido pelo grupo jihadista desde 2012, quando foi capturado na Síria

Redação Internacional

14 de outubro de 2014 | 17h12

Em um vídeo divulgado na segunda-feira, a irmã de John Cantlie, jornalista britânico mantido refém pelo Estado Islâmico (EI) na Síria desde 2012, fez um apelo para que o grupo restabeleça contato para negociação de sua libertação.

“Nós mantínhamos contato por meio de um canal estabelecido por vocês, mas isso parou por motivos que só vocês conhecem. Infelizmente, como ocorreu com as famílias de David Haines e Alan Henning antes de eles serem mortos, nossos esforços para retomar o diálogo continuam sendo ignorados por aqueles que mantêm John”, afirma Jessica Cantlie no vídeo.

Essa é a segunda vez que Cantlie, de 43 anos, é sequestrado por militantes na Síria. Após escapar do primeiro sequestro, em julho de 2012, ele retornou ao país no final do ano e foi novamente capturado.

Desde então, o jornalista apareceu em quatro vídeos publicados na internet, vestindo um macacão laranja e divulgando mensagens de propaganda do EI. “Nós imploramos para que o Estado Islâmico retome o contato direto”, reitera Jessica.

Assista ao vídeo, em inglês:

Tudo o que sabemos sobre:

Estado IslâmicoJohn CantlieSíria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.