As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vídeo: Veja clipe da música ‘No Le Tengo Miedo’, da banda Los Aldeanos

Com músicas e letras críticas ao regime cubano, eles foram cooptados pela agência de ajuda humanitária dos EUA (Usaid)

Redação Internacional

11 de dezembro de 2014 | 19h29

Los Aldeanos é um grupo de rap criado em 2003 em Havana, formado por El Aldeano e El B, ambos mc’s. Com músicas e letras críticas ao regime cubano, eles foram cooptados pela agência de ajuda humanitária dos EUA (Usaid) para promover um movimento opositor nesse segmento cultural.

Segundo documentos obtidos pela Associated Press, a ideia era usar músicos para “romper o bloqueio de informações” e incentivar “mudanças sociais”. A operação, porém, foi executada com pouco profissionalismo e fracassou.

Em setembro de 2009, quando o colombiano Juanes decidiu cantar em Havana, diretores da Creative Associates tentaram convencê-lo a aceitar que o grupo Los Aldeanos abrisse o seu show. Ele não aceitou, mas o astro agradeceu publicamente a banda e tirou fotos com seus integrantes, repercussão que deixou os idealizadores do projeto satisfeitos.

Algum tempo depois, porém, o líder da banda, Aldo Rodríguez, foi preso por ter um “computador ilegal”. Foi quando um parente do rapper telefonou para o astro cubano Silvio Rodríguez, que pediu a um amigo no Ministério da Cultura que devolvessem o computador. “Fiz o que me pediram”, disse o cantor. “Não sabia que esse programa existia. Fiquei surpreso.” / COM AP

Mais conteúdo sobre:

CubaEUA