À espera de nova tempestade, NY fecha parques e praias

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, tomou nesta terça-feira providências adicionais para preparar a cidade contra uma nova tempestade, pouco mais de uma semana depois da devastação causada pela supertempestade Sandy.

Reuters

06 de novembro de 2012 | 20h40

O novo fenômeno natural vindo do nordeste está previsto para atingir na noite de quarta-feira uma área já bastante danificada. Por isso, Bloomberg determinou que moradores das áreas mais baixas sejam levados para abrigos, que obras ao ar livre sejam paralisadas a partir de 12h de quarta-feira, e que parques e praias sejam interditados no mesmo horário, durante pelo menos 24 horas.

"Simplesmente não precisamos enviar os especialistas em primeiros socorros para o mar a fim de salvar alguém que está sendo idiota", disse Bloomberg.

Ele enfatizou que as desocupações de quarta-feira, programadas para coincidirem com a maré alta, quando a ressaca provocada pela tempestade atinge seu nível máximo, não serão tão abrangentes quanto as desocupações obrigatórias ordenadas na semana passada por causa da megatempestade Sandy.

A nova zona de evacuação inclui a costa sul de Staten Island, onde morava quase metade das 41 vítimas fatais do Sandy em Nova York, e a região de Rockaways, no Queens, que também sofreu bastante com a tempestade anterior.

Meteorologistas preveem que a nova tempestade deve causar até 25 milímetros de chuva com neve, ventos com rajadas de até 80 quilômetros por hora, e uma elevação de até 1,4 metro no nível do mar, podendo haver inundações em áreas litorâneas por volta de 0h de quarta para quinta-feira, segundo o prefeito.

"Isso torna as árvores que já tiveram a base inundada mais propensas a cair, e isso é algo que vai nos preocupar", disse Bloomberg.

Os transportes e o abastecimento de energia ainda estão prejudicados em muitas partes de Nova York por causa do Sandy, uma das maiores tempestades que já atingiram os Estados Unidos.

(Reportagem de Dan Burns)

Tudo o que sabemos sobre:
EUANYTEMPESTADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.