Abdib quer mostrar a Obama país como porto seguro a investimento

O presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy, afirmou neste sábado que pretende dizer ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que "o Brasil é um porto seguro para investimentos".

REUTERS

19 de março de 2011 | 11h25

Godoy participará, junto com outras lideranças empresariais brasileiras, como o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, e da Petrobras, José Sergio Gabrielli, de um encontro privado com Obama após a reunião da cúpula empresarial Brasil-EUA no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília.

Ele afirmou ainda que a visita de Obama "é importante do ponto de vista geopolitico" e, do ponto de vista econômico, pode representar o retorno de grandes empresas norte-americanas da área de infraestrutura que entraram no Brasil na época das privatizações, na década de 1990, e mais tarde acabaram dando lugar a companhias europeias.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMABRINFRAESTRUTURA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.