Acadêmico francês morreu de causa natural em NY, diz autopsia

O influente acadêmico francês Richard Descoings, achado morto e nu num quarto de hotel em Nova York no começo de abril, foi vítima de causas naturais relacionadas à hipertensão, disseram legistas locais nesta quarta-feira.

REUTERS

30 Maio 2012 | 20h23

Inicialmente, fontes policiais disseram que o quarto estava "em desordem", mas posteriormente ficou estabelecido que isso havia sido resultado da ação dos socorristas chamados para tentar reanimar Descoings.

O intelectual, diretor do Instituto de Estudos Políticos de Paris e administrador da Fundação Nacional de Ciências Políticas da França, foi achado morto depois de não aparecer para uma conferência na Universidade Columbia, em 3 de abril.

(Reportagem de Chris Francescani)

Mais conteúdo sobre:
EUADESCOINGSMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.