Ação contra ilegais termina com 16 detidos no Arizona

Grupo trabalhava em uma companhia de limpeza que prestava serviço para uma biblioteca pública em Mesa

Efe,

17 de outubro de 2008 | 04h10

As autoridades do condado de Maricopa, no Arizona, detiveram 16 imigrantes ilegais que trabalhavam para uma companhia de limpeza local. Três dos estrangeiros em situação irregular foram detidos na madrugada desta quinta-feira, 16, em uma biblioteca pública da cidade de Mesa, durante uma operação levada a cabo por 30 agentes da Polícia e mais 30 voluntários. Os outros 13 imigrantes foram detidos em suas respectivas casas, segundo uma nota oficial. A biblioteca pública virou o foco principal da investigação depois que um agente disfarçado entrou em contato com vários faxineiros do local dizendo que precisava de trabalho, mas que não tinha "papéis". Os serventes levaram o policial ao encarregado geral do recinto, que disse como o agente poderia obter os documentos necessários para conseguir um emprego com a companhia de limpeza Management Clearing Controls, que atua em todo o território nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
imigração ilegaldetençãoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.